Peças-chave do mochilão

peças-chave-para-vestir

Um ano é tempo pra cacete e escolher as peças que vão te fazer companhia por esse tempo todo é um pequeno sacrifício. A levar em conta: todas as estações do ano, espaço e dinheiro limitados.

Para vestir: peças neutras e versáteis, que sejam úteis tanto no inverno quanto no verão. Pense cebola e viva em camadas.

  1. Casaco verde militar leve, pra meia estação. Porque militar é o novo preto.
  2. Um casacão para o frio de verdade. Preto, que segue sendo o velho preto, é neutro e de quebra disfarça a sujeira.
  3. Uma camiseta da sua banda favorita. Já que as opções são limitadas, aproveita e carrega tua paixão no peito.
  4. Calça jeans, claro. Só não inventa de levar uma à la Restart que não orna com nada.
  5. Shorts jeans; com meia calça no inverno e sozinho no verão (ou sempre, se você for um never nude como o Tobias Fünke)
  6. Camiseta náutica listrada. Se as francesas elegeram como clássico, quem somos nós para discordar, né?
  7. Vestidinho preto. Sempre.

peças-chave-para-calçar

Para calçar: o mínimo possível. A não ser que você vá se hospedar em hotel com porteiro de cartola e tenha motorista, salto pra quê, miga?

  1. Chinelo de borracha. Por motivos de: banheiros comunitários em hostel. Não precisamos dizer mais nada.
  2. Sapatilha preta, mais clássico que Fla x Flu.
  3. Bota preta: Doc Martens mora nos nossos coraçõeszinhos punks e esquenta nossos pézinhos latinos.
  4. Tênis. Porque se você, como nós, não gasta seu dinheiro com táxi, você vai andar. Muito. Se não quiser ficar parecendo uma turista soccer mom americana, ou o Jerry Seinfeld, vale investir num têninho estiloso.

peças-chave-etc

 

  1. Protetor solar: Como diria Pedro Bial… Vale também pegar um que tenha base, que te economiza espaço e tempo.
  2. Batom vermelho: porque quando você estiver se sentindo uma mendiga usando a mesma roupa pelo quinto dia seguido, o batom vermelho tá aí pra dar um up nesse look e na auto-estima. Vai fundo!
  3. Óculos escuros: Ray Ban é mais inseparável que tatuagem.
  4. Notebook pra não morrer cega com a tela do celular, além de dar conta dos freelas (aliás: oi, aceitamos).
  5. Shampoo seco. Horas de escala no aeroporto e você se sentindo Gollum? Umas borrifadas desse mistério da cosmética ajudam a enganar um tiquinho.
  6. Um bom livro sempre a tiracolo. Mas não vai levar teu xodó porque em algum momento você vai ter que deixar o pobre pra trás (hostels são ótimos lugares pra fazer essa troca de livros).
  7. Hidratante labial: no frio o vento corta, no verão o sol judia.
  8. Biquini. O verão tá demorando mais a chegar que o inverno de Game of Thrones, mas deixa ele lá no cantinho, ao lado da sua esperança de dias mais quentes.
  9. Porta-moedas: Na Europa (e também nos EUA), moedas se multiplicam mais que hamsters e salvam tua vida o tempo todo – nesse mundo automatizado, uma porção de máquinas não aceita notas. Ainda não descobrimos o uso (ou onde vão parar) das malditas moedas de um centavo.
  10. Um bom par de lingerie: você sabe porque.
  11. Toalhas de viagem: Esqueça toalhas felpudas, estrelas de comercial de amaciante. Por aqui descobrimos a existência dessa versão mais fininha e leve. Enxuga relativamente bem, seca rápido e te economiza espaço na mochila já abarrotada.
  12. Câmera. Ok, o celular dá conta, mas não custa ter umas fotinhos melhores das lindezas que você vai ver, né?
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s