Berlim: se virando no U-Bahn

maraviwonderful_u-bahn-postDublin fizemos toda a pé, não dependendo nunca do transporte público. A mesma logística não se aplicou à Berlim, cidade 9 vezes maior que Paris, além de estarmos hospedadas fora do buchicho. Mesmo não sabendo pronunciar nem o nome da nossa estação, desvendar o U-Bahn foi mais fácil que andar de bicicleta (ainda mais naquele frio do capeta); além de todos os terminais de emissão de bilhetes trazerem o conforto do menu em inglês, a sinalização é toda bem auto-explicativa (ok, saber que Ausgang significa saída facilita, mas você não vai fazer o Tom Hanks em nenhuma estação sem esse conhecimento*). Além disso, logo descobrimos que além do bilhete mensal comum (€79.50), havia a opção mais em conta válida a partir das 10 da manhã (€58) – o que serviu de desculpa pra poder preguiçar um pouco mais nas manhãs. Há também os tickets semanais (€30) pra quem tiver estadia reduzida por lá e, quem tiver a sorte de pegar a cidade na primavera/verão, bicicleta é também ótima opção. Plana que só e com respeito invejável pelos ciclistas, Berlim é uma enorme ciclofaixa (aliás, não dê bobeira em cima dela; pedestres levam buzinadas e quase atropelamentos – não que isso tenha acontecido com a gente, imagina).

IMG_6633_tt
você vai passar por aqui pelo menos uma vez por dia
    • Sempre validar seu ticket antes de embarcar.
    • O ticket unitário (€2.70) é válido por 2 horas, mas apenas em um sentido; não vale ir e voltar
    • Não há catracas em nenhuma estação. Vez ou outra um fiscal entra no vagão e pede os tickets. Em 28 dias que ficamos lá, isso aconteceu em 3 ocasiões. Mas não vai querer dar uma de espertinho. Além da multa ser salgada, pra quê quebrar a confiança que te deram, gente? Como esse vídeo bem ilustra, o transporte público aceita tudo; menos a falta de ticket.
    • Não exageramos ao dizer que tem de tudo no U-Bahn. Quarta-feira de manhã? Um picnic no meio do vagão, por que não? Ou, depois dos atentados de Paris, um spray de pimenta estoura e o vagão se desespera. IMG_6347
    • Cachorros. Muitos. O tempo todo. Bem comportados e você vai querer roubar todos
0f056b19456305.562dab772a089
gif da Olivia Huynh
  • Nas plataformas está sempre sinalizado enquanto tempo o trem passa. E ele é sempre pontual. Ficamos tão mal acostumadas que no fim achávamos ruim ter que esperar 4 minutos pelo próximo trem.
  • Não fica panguando na porta do vagão: tanto pra entrar quanto sair você tem que apertar o botão pra abri-la.
  • Quase tudo da cidade (menos aeroporto) fica concentrado das áreas A e B. Não vai gastar a mais no bilhete sem necessidade.
  • Em qualquer lugar você encontra mapa das linhas, mas esses aplicativos ajudam a calcular tua rota de ponto a ponto: Berlin Subway e Citymapper.

* Se por azar isso acontecer, você terá uma boa sobrevida: dentro das estações (especialmente Alexanderplatz), há de tudo. Farmácia, loja orgânica e todos os tipos de comida – deliciosas e baratas.

Einsteigen bitte!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s