Winter Wonderland em Berlim

Natal não é a praia de todos. Nós mesmas nos dividimos entre empolgação e indiferença, mas qualquer que seja sua posição em relação a festa, é impossível não se encantar com as feirinhas de natal alemãs. Visitamos 5 (algumas mais de uma vez) desde o dia que elas começaram até nossa partida.

maraviwonderful_mercadinhos-de-natal_berlin_05

A primeira e mais turística que visitamos, é a 25 de março das feirinhas de natal. Também pudera, diariamente são cerca de 300 mil pessoas passando pela Alexanderplatz, fora os 500 mil passageiros do U+S Bahn. Um pouco kitsch, mas nem por isso menos divertida. O combo de wurst fritando + carrossel dando suas voltas ao som de Frank Sinatra enquanto neve falsa cai é capaz de converter qualquer Grinch (que inevitavelmente vai cantarolar junto, sim). Pra variar, tivemos dificuldade em decidir entre tantas barraquinhas, mas quando o assunto é feira de natal, uma parada é certa: glühwein, o maravilhoso vinho quente com especiarias, que de quebra ainda dá aquela esquentadinha. Pra quem não tiver medo de cair, quebrar o pé e ter os dedos da mão amputados, tem também a pista de patinação do gelo. Não, não vimos nada disso acontecer, mas certeza que era só questão de pisarmos lá pra sermos alvo dessa desgraça toda.
Alexanderplatz (U-Bahn ou S-Bahn)


 

maraviwonderful_mercadinhos-de-natal_berlin_01

A Higienópolis das feirinhas (público diferenciado, hmmm) fica em Mitte. Menos barracas, mais restaurantes fechados, com cobertinhas, aquecimento e renomados chefs alemães. Nas tradicionais barraquinhas dava pra encontrar brie com trufa, torrone de pistache italiano, entre outras delícias phynas. O vício no queijo nos fez escolher a raclette. Claro que tinha também currywurst e o amigo glühwein, sendo acessível pra todos os bolsos.
(U2 Hausvogteiplatz)


 

maraviwonderful_mercadinhos-de-natal_berlin_02

Menos turística, a feirinha Scandinava de Prenzlauer Berg é mais frequentada por famílias hipster-orgânicas. A feira é dedicada à Santa Lucia, deusa nórdica da luz. Além das tradicionais barracas de currywurst e crepe, tem também absinto e tortas caseiras. Se a bebida não deu conta de esquentar, só sentar num dos aquecedores e vestir o casacão comunitário; uma invenção bizarra, mas necessária.
U2 Eberswalder Straße


 

maraviwonderful_mercadinhos-de-natal_berlin_03

Solta a criança interior nesse parquinho com vibe anos 80 meio capenga maravilhoso. Pense mais parquinho de quermesse do interior e menos Disney. Todo brinquedo é pago, claro, mas a roda gigante vale o investimento, principalmente se você der a sorte de pegar o por do sol.
Alexanderplatz (U-Bahn ou S-Bahn)


 

maraviwonderful_mercadinhos-de-natal_berlin_04

Essa é um capítulo a parte. No nosso último dia em Berlim, em meio de neve e -3º, viemos parar aqui depois de um passeio pela Bauhaus. Um pouco exaustas, um pouco tristes pela partida. Muito congeladas. Eis que veio a descoberta que mudaria tudo – até o tempo: dar um upgrade no glühwein com um tiquinho (não tão tiquinho) de rum. O céu abriu, anjos literalmente cantaram, tudo isso em frente ao palácio de Charlottenburg lindamente iluminado. Provamos todos as degustações oferecidas, tiramos mais fotos que turista japonês e rimos um bocado. O frio… que frio? Pelo cenário, pela vibe e pelo rum, essa foi de longe a feirinha mais mágica que visitamos. Ela merecia um post só dela, mas vamos nos limitar às fotos.

Nossos natais nunca mais serão os mesmos.
U7 Richard-Wagner-Platz

giphy-5

Advertisements

One thought on “Winter Wonderland em Berlim

  1. Pingback: Lisboa: Mercado da Ribeira – Time Out – maraviwonderful

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s